Arleide Ótica topo
Categorias
Pesquisar

Polícia Federal combate exploração sexual infantojuvenil no RN

650x400_fXGz411TgA933eb4tOPD

A Polícia Federal deflagrou na manhã da última terça-feira, 2/4, a 5ª e 6ª fases da Operação Carancho, de combate ao armazenamento e compartilhamento de imagens de abuso sexual infantojuvenil.

A operação contou com a participação de 13 Policiais Federais, que cumpriram dois mandados de busca e apreensão nos municípios de Parnamirim e Extremoz, na Grande Natal, e resultou na apreensão de computadores e celulares que serão submetidos à perícia. Durante as buscas, um homem de 32 anos acabou preso em flagrante.

Os crimes ora investigados estão previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, cujas penas somadas podem chegar a 18 anos de reclusão, sendo que, com a recente alteração trazida pela lei, aquele que adquire, possui ou armazena, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente passa a responder por crime hediondo.

A PF apura, ainda, se os investigados, além de armazenar e compartilhar imagens, também são responsáveis pelos crimes de estupro de vulnerável e produção de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil.

Após passar por exame de corpo de delito no ITEP, o acusado permanece custodiado na sede da PF, à disposição da Justiça.

Portal BO

Arleide ÓTICA
Pesquisar
Categorias
WhatsApp
Canal YouTube