Arleide Ótica topo
Categorias
Pesquisar

Preço da cesta básica em Natal aumentou 4,56% nos últimos três meses, aponta Procon

cesta básica foto reprodução

O preço da cesta básica em Natal teve um aumento de 4,56% nos últimos três meses, de acordo com pesquisa do Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Natal. A análise, que abrangeu quatro semanas do mês de março, revelou variações significativas nos preços dos produtos essenciais.

De acordo com o Procon Natal, em janeiro, o preço médio da cesta básica foi de R$ 416,11, registrando um aumento de 1,35% em relação ao mês anterior. Em fevereiro, esse aumento foi ainda mais expressivo, alcançando 2,58%, com um preço médio de R$ 427,13. Já em março, o preço médio encontrado foi de R$ 429,44, com uma variação de 0,54%.

A pesquisa semanal, que acompanha 26 estabelecimentos comerciais da capital e coleta os preços de 40 itens que compõem a cesta básica, destacou alterações ao longo do mês de março. Na primeira semana, o preço médio foi de R$ 432,40, enquanto na última semana foi identificada uma redução, chegando a R$ 423,18. Essas variações são comuns, segundo o Núcleo de pesquisa, que observa uma tendência de aumento no início do mês e de redução no final.

A categoria de hortifrúti foi a que mais contribuiu para o aumento registrado na última pesquisa, com uma variação de 9,23% de um mês para o outro. Onze dos produtos que compõem essa categoria apresentaram aumento de preço, com destaque para o tomate e a cebola, com variações de 36,82% e 19,62%, respectivamente.

Diante desse cenário, o Procon Natal calculou o poder de compra do trabalhador com o salário mínimo atual, demonstrando que o custo para suprir as necessidades alimentares básicas de uma família de quatro pessoas durante um mês representa 32,88% do salário mínimo, equivalente a 66,91 horas de trabalho no mês.

AgoraRN

Dr. DINNA Oliveira
Pesquisar
Categorias
WhatsApp
Canal YouTube