Rio Grande do Norte, Amapá e Ceará lideram aumento de usuários de banda larga fixa no Brasil

Rio Grande do Norte, Amapá e Ceará lideram aumento de usuários de banda larga fixa no Brasil

O serviço de internet fixa no Brasil, chegou a 27.975.958 de assinantes somente no mês de agosto deste ano, um aumento de 19.485 usuários (+0,07%) quando comparado a julho. Nos últimos doze meses, a banda larga fixa apresentou aumento de 1.461.075 usuários (+5,51%). Neste aspecto, houve aumento de usuários em todos os estados e os maiores percentuais foram registrados nos estados do Rio Grande do Norte, com 51.200 novos clientes (+19,08%); Amapá com 7.968 novos usuários (+15,00%) e Ceará com 86.581 novos clientes (+14,34%).

A prestadora Claro liderou o crescimento no mês de agosto em comparação a julho, foram mais 68.934 assinantes (+0,80%). Seguida pela Vivo, com 19.707 novos usuários (+0,26%), e TIM, com 9.894 novos clientes (+2,61%).

Em comparação com agosto de 2016, a Claro Brasil  apresentou aumento de 345.627 (+4,13%) na sua base de assinantes. A operadora Vivo  registrou 143.346 novos clientes (+1,92 %) e a TIM mais 68.836 usuários (+21,54%).

Nos estados, em termos absolutos, entre julho e agosto deste ano, a base de assinantes de Minas Gerais registrou 36.392 novos clientes (+1,33%), em Santa Catarina o aumento foi de 21.370 (+1,68%), e no Paraná foram registrados 16.142 novos clientes (+0,83%).

Acesse as planilhas com dados de banda larga do mês de agosto



Salário mínimo será de R$ 979 em 2018

Salário mínimo será de R$ 979 em 2018

A Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO), publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial, estabeleceu aumento para salário mínimo, que sairá dos atuais R$ 937 para R$ 979 a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Com a publicação, os benefícios trabalhistas também foram ajustados seguindo o novo valor do mínimo. O Ministério da Fazenda projeta que o valor passe para R$ 1.029 em 2019 e R$ 1.103 em 2020.



Juiz da Paraíba manda suspender aumento do preço de combustíveis no estado

O juiz federal João Pereira de Andrade Filho, da Paraíba, determinou hoje (1º) a suspensão do aumento das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre os combustíveis no estado.

A decisão vale apenas para os postos associados ao Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB) , que impetrou mandado de segurança com o pedido de retorno dos tributos aos patamares anteriores ao decreto editado pelo presidente Michel Temer há duas semanas.

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que irá recorrer da decisão.

*Da Agência Brasil



Gasolina tem aumento de 1,7% e diesel cai

Gasolina tem aumento de 1,7% e diesel cai

A Petrobras anunciou ontem mais um ajuste nos preços dos combustíveis. Desta vez, a gasolina subirá 1,7%, enquanto o óleo diesel cairá 0,9% na venda para as refinarias. Os novos preços valerão a partir de hoje, dia 14. A nova política de revisão de preços da companhia – que permite ajustes mais frequentes nos preços – foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho.

Desde então, os preços já  haviam sido reduzidos três vezes. A única mudança estava em vigor desde o dia 11 deste mês, quando a gasolina ficou 1,7% mais barata e o óleo diesel, 2%. Possíveis impactos para o consumidor não foram divulgados na ocasião, assim como não o foram ontem.



Petrobrás decide elevar o preço da gasolina em 1,8%

A Petrobrás decidiu aumentar o preço médio do diesel nas refinarias em 2,7% e elevar o da gasolina em 1,8%, a partir desta terça-feira. A empresa não detalhou os motivos para o movimento.

O ajuste é o primeiro após a revisão feita em sua política de preços na semana passada, que busca aumentar a frequência de reajustes em uma tentativa de retomar participação de mercado. A partir de agora, segundo a estatal, os preços dos combustíveis poderão cair ou subir diariamente.

Os ajustes de preços de combustíveis passarão a ser divulgados através do site www.petrobras.com.br/precosdistribuidoras e nos canais internos de comunicação aos clientes.



Igarn diz que Armando Ribeiro aumentou seu volume para 15,96% nos primeiros dias de março

Barragem Armando Ribeiro aumentou seu volume – (Foto: Sidney Silva)

O Relatório Volumétrico dos 47 reservatórios, com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Governo do Estado, por meio do Instituto de Gestão das águas (Igarn), divulgado nesta segunda-feira (13), demonstra que, no período de 1° a 13 de março, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves recebeu mais de 55 milhões de metros cúbicos de água. Em termos percentuais, no dia 1° de março a barragem estava com 13,65% da sua capacidade, atualmente está com 15,96%.

O relatório aponta que o número de mananciais secos reduziu de 13 para 12, 25% dos reservatórios monitorados pelo Igarn. O açude Apanha Peixe, em Caraúbas, que estava seco, agora está em volume morto. Já o reservatório Santo Antônio, também de Caraúbas, teve uma pequena melhora no seu nível, suficiente para sair da situação de volume morto, embora esteja com apenas 10% da sua capacidade.

Portanto o número de reservatórios considerados em volume morto permanece inalterado com 15 mananciais nesta situação, o correspondente a 31,9% do total de reservatórios monitorados pelo Instituto. A somatória dos mananciais secos e em volume morto chega ao percentual de 57% dos açudes responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

Em comparativo com os volumes dos reservatórios no dia 1º de março, a Armando Ribeiro Gonçalves, que estava com 327,58 milhões de metros cúbicos, agora está com 383,039 milhões de metros cúbicos. A barragem Santa Cruz do Apodi teve uma pequena redução de volume, passando de 137,013 milhões m³, para 136,053 milhões de metros cúbicos, 22,69% da sua capacidade. Já Umari, em Upanema, teve um crescimento expressivo, passando dos 32,218 milhões de metros cúbicos, no dia 1º de março, para 46,828 milhões de metros cúbicos, 16% de sua capacidade.

No Seridó, a situação de alguns reservatórios continua preocupante. Açudes como o Itans e Marechal Dutra, conhecido como Gargalheiras, continuam com menos de 2% de suas capacidades.



Barragem Armando Ribeiro aumenta seu volume e chega a 14,18% da capacidade

Barragem Armando Ribeiro aumentou seu volume – (Foto: Sidney Silva)

A Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, localizada em Assu, aumentou seu volume durante o final de semana por causa das chuvas o que provocou o aumento do nível do Rio Piranhas/Assu.

Entre a manhã de sexta-feira (03) e esta segunda-feira (06), o nível do reservatório aumentou em 14 centímetros e acumula 340 milhões de metros cúbicos, o equivalente a 14,18% de sua capacidade total.

Quando cheio, a Armando Ribeiro, acumula ‎2 bilhões e 400 milhões de metros cúbicos de água.



Itans de Caicó aumentou seu volume em 116 centímetros

Itans de Caicó recebeu pequena quantidade de água com chuvas registradas em suas cabeceiras – (Foto: Ilmo Gomes)

O açude Itans aumentou seu volume em cerca de 116 centímetros de água com às chuvas registradas neste ano de 2017, em Caicó. Até às 7h35min, de sábado, (18), o açude tomou 33cm com a chuva de sexta e 83cm no sábado passado.

O reservatório, quando cheio pode acumular 81 milhões, 750 mil metros cúbicos de água e abastece a população de Caicó.

A obra de recuperação das comportas do ITANS que está sendo realizada pelo Dnocs, preocupa, principalmente, se às chuvas se intensificarem e o reservatório começar a encher. Se não ficar pronto em tempo, o serviço ficará pela metade. Mas, os técnicos esperam concluir o mais breve possível.

Dnocs está recuperando comportas do açude Itans – (Foto: Ilmo Gomes)


Plano Sempre registra crescimento de quase 20%

Plano Sempre registra crescimento de quase 20%

O Plano Sempre, marca do Grupo Vila líder em assistência funeral e familiar, comemora 13 anos em fevereiro. Ao todo, a empresa protege mais de 900 mil vidas e oferece o serviço em 295 cidades no Rio Grande do Norte, na Paraíba e em Pernambuco. Em 2016, o Plano Sempre registrou um crescimento de 19,4%.

Temos orgulho de oferecer um produto que significa tranquilidade financeira para milhares de famílias neste momento. Além disso, o Plano Sempre foi pensado para que haja o menor desgaste emocional possível, já que cuidamos da parte burocrática, permitindo que os familiares se concentrem na despedida”, analisa o diretor comercial do Grupo Vila, Wesley Soares.