Ministério da Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas

Programa em parceria com ONU será desenvolvido no Brasil – (Foto: Divulgação/ Operação Hórus)

O Ministério da Justiça e Segurança Pública lançou nesta terça-feira (26) o projeto-piloto do Centro de Excelência para a Redução da Oferta de Drogas Ilícitas (CdE). A estrutura permitirá a elaboração de pesquisas, mapeamento, relatórios e o compartilhamento de evidências científicas sobre os mercados de ilícitos de drogas no país.

Segundo a pasta, os dados gerados a partir do centro reforçarão as estratégias de combate ao tráfico de entorpecentes no país. Ainda de acordo com o ministério, serão realizadas pesquisas e análises relacionadas ao comportamento das organizações criminosas de tráfico nacional e internacional de drogas. O objetivo é gerar subsídios para tomada de decisão nas políticas públicas de redução da oferta de entorpecentes, em especial na retirada de receitas dessas organizações por meio da quebra do fluxo financeiro e do confisco de seus patrimônios.

O projeto-piloto tem duração inicial de 18 meses e, após esse período, poderá ser implementado efetivamente dentro das atividades da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas.

Agência Brasil


Polícia Civil realiza incineração de 20 quilos de drogas em Santa Cruz

Droga apreendida pela polícia foi incinerada

Policiais civis da 9ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Santa Cruz incineraram, na manhã desta quinta-feira (10), cerca de 20 quilos de drogas que foram apreendidos ao longo das operações realizadas na região no período de, pelo menos, cinco anos. Foi a primeira incineração promovida pela 9ª DRP. Todo o material entorpecente foi incinerado em uma fábrica de cerâmica, no município de Santa Cruz.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, através do Disque Denúncia 181, que possam contribuir para que o trabalho de combate ao tráfico de drogas continue a ser realizado com êxito.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS


Polícia de Jucurutu prende dois natalenses com drogas e arma de fogo

Em Jucurutu, na manhã desta quinta-feira (27), policiais militares e civis, prenderam os natalenses, Richardson Anderson da Silva Moura, de 20 anos, e Jonas Nascimento da Silva, de 23 anos.

Com a dupla, a polícia apreendeu drogas, balança de precisão e um revólver de calibre 38 municiado.


PF incinera aproximadamente 800 kg de drogas no RN

Polícia Federal destruiu drogas em forno – (Foto: Assessoria da PFRN)

A Polícia Federal, com a devida autorização da Justiça e, sob forte esquema de segurança, incinerou na manhã desta quinta-feira, 24/9, no alto-forno de uma usina na Zona Rural de Arês, Região Metropolitana de Natal, aproximadamente 781 kg de drogas, entre maconha e cocaína, e mais 10 kg de fenacetina/tetracaína que são substâncias comumente utilizadas pelos traficantes para misturar e acrescentar volume à cocaína.

O montante destruído é resultante de apreensões realizadas neste ano no aeroporto internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, bem como no Porto de Natal. Em tais ações, um total de nove suspeitos foram presos em flagrante.

Acompanharam a incineração no dia de hoje, o chefe da Delegacia de Repressão a Drogas da PF, um promotor de Justiça e fiscais da Vigilância Sanitária. Somente em 2020, a Polícia Federal já incinerou mais de duas toneladas de drogas apreendidas no Rio Grande do Norte.

Forte esquema de segurança foi montado pelos Federais

DEICOR prende três traficantes em flat na Praia do Meio

Material apreendido pela Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, prenderam na noite desta segunda-feira (04), após investigação policial, três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.

Foram presos, DAVILIN DUARTE SILVA DE MELO, vulgo “DVL”, com 28 anos, natural de Natal/RN, CLAUDIO FERREIRA DOS SANTOS, vulgo “Mago”, de 27 anos, natural de Natal/RN e JOSEANE COSTA DE OLIVEIRA, esposa de “DVL”, com 34 anos de idade.

Continue lendo

Operação conjunta do MPRN e PM realiza prisões e apreende drogas em Mossoró

Ação foi deflagrada nesta quinta-feira (13) e cumpriu 5 mandados de prisão preventiva e 7 mandados de busca

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (13) com o objetivo de combater a criminalidade na região compreendida pelos Municípios de Baraúna e Mossoró.

A operação Contenção II, em alusão à necessária atuação do Estado para reprimir o tráfico de drogas na região, cumpriu 7 mandados de busca e apreensão e 5 mandados de prisão preventiva. Dois alvos já cumprem pena no sistema prisional.

No curso do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, um foragido da Justiça que estava usando documento falso, com mandado de prisão em aberto decretado pela Vara das Execuções penais de Mossoró, foi preso em flagrante com munições, drogas, balança de precisão e material para embalagem.

As investigações prosseguirão no âmbito do Ministério Público e da Polícia Civil.

Disque Denúncia 127

O MPRN disponibiliza o Disque Denúncia 127 para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br

Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.


PF prende 5 e aprende 1,2 tonelada de cocaína na grande Natal/RN

Droga foi encontrada, também, em meio aos melões

A Polícia Federal no Estado do Rio Grande do Norte prendeu 5 pessoas e apreendeu 1,2 tonelada de cocaína na madrugada de hoje na grande Natal. A droga estava dividida em quatro locais: um contêiner que era transportado por caminhão ao porto de Natal e atrás de paredes falsas em três galpões em Parnamirim. Na abordagem e prisão dos suspeitos, a PF contou com apoio de policiais do Batalhão de Operações Especiais da PMRN.

Com base em levantamentos realizados, a PF começou a acompanhar a movimentação no entorno dos galpões que se revelou atípica, tendo sido descoberto que um deles foi alugado com documentos falsos. A utilização de galpões na Grande Natal para contaminação de contêineres com cargas refrigeradas de frutas com destino na Europa já havia sido objeto de investigações anteriores da PF que resultaram em apreensões de grande quantidade de cocaína. Foi realizada a ligação de energia em um dos galpões e foi possível detectar um contêiner adentrando outro galpão. Diante de tais fatos, os policiais resolveram abordar o caminhão e o carro que o acompanhava.

No contêiner que era transportado por caminhão para o porto de Natal e tinha como destino final a Dinamarca, foram encontrados diversos tabletes de cocaína misturados a uma carga de melão. Outros tabletes foram encontrados em cômodos escondidos por paredes falsas dentro dos três galpões.

Durante a ação policial, cinco pessoas foram presas. As penas cominadas ao crime de tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico, somadas, vão de 10 a 35 anos de reclusão.

No ano de 2019 a Policia Federal no Rio Grande do Norte já apreendeu cerca de 5,8 toneladas de cocaína. O combate ao tráfico internacional de drogas é um dos objetivos estratégicos da Polícia Federal.

O combate ao tráfico internacional de drogas é um dos objetivos estratégicos da Polícia Federal.


“Gerente” de facção criminosa é preso em Jardim de Piranhas; Polícia apreendeu drogas e arma de fogo

Material apreendido pelas polícias na ação em Jardim de Piranhas

Policiais civis e militares de Caicó e de Jardim de Piranhas, deflagraram no final da tarde desta quinta-feira (15), operação que prendeu envolvidos com o tráfico de drogas e apreendeu material ilícito, como cocaína, maconha, crack, balanças de precisão, dinheiro fracionado e uma arma de fogo.

Pelo menos 5 pessoas foram detidas, entre elas, o gerente um grupo criminoso que é investigado há alguns anos pela Polícia Civil. Trata-se de Josenilson Fernandes Dias, o Chico Show, alvo principal da operação. Outro preso foi identificado como Cláudio Alves de Azevedo, o Batatinha.

Os policiais de posse de mandados de busca e apreensão estiveram em três casas e contaram com um cão farejador.

O delegado, Leonardo Germano, disse que “a Operação Pecado Original, deflagrada há alguns meses, prendeu lideranças da facção que atua em Jardim de Piranhas, mas, outro membro do grupo que está foragido, ocupou lugar estratégico e fez os negócios terem sequência. hoje, nós prendemos o principal gerente dele, que é o Chico Show“.

Cláudio Alves foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, juntamente com Josenilson Fernandes, que também foi autuado pela posse ilegal de arma de fogo. Eles foram conduzidos ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da justiça.

Entre as pessoas conduzidas para a Delegacia, estão adolescentes, que foram autuados e liberados.

A operação faz parte de um projeto maior. Não queremos que essa facção volte a atuar“, disse o delegado Leonardo Germano.