Polícia Civil age rápido e prende homem que roubou mercadinho no centro de Caicó

Policiais civis de Caicó, prederam na tarde desta quarta-feira (22), no Bairro Boa Passagem, Everton Felipe Araújo de Brito, de 19 anos. Ele roubou o Mercadinho São Pedro, localizado no Centro da cidade. De lá, ele levou 2 celulares e certa quantia em dinheiro.

As imagens de câmeras de segurança do próprio estabelecimento ajudaram a polícia a identificar o homem. Quando entrou no mercadinho, armado, Everton Felipe, estava usando máscara, boné, bermuda e camisa com listras, além de chinela com a marca da Nike. Na fuga, ele trocou a camisa, mas, não impediu de ser identificado.

Conduzido para a Delegacia de Polícia, inicialmente, ele negou a prática do crime, mas, depois confessou.

O delegado, André Albuquerque, disse ao Blog Sidney Silva, que “em relação aos celulares subtraídos e arma, Everton disse que jogou fora, mas, ele está mentido“.


ENTREVISTA: Delegado diz que grupo preso levantou informações de postos de saúde, supermercados, entre outros estabelecimentos

Material apreendido pela Polícia Civil na zona norte de Caicó

O delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Caicó, André Albuquerque, disse nesta quarta-feira (22), em entrevista no programa Cidade Alerta, da Rádio Rural FM 102,7, que, com os presos na operação no Bairro Boa Passagem, na tarde de terça-feira passada, foram encontradas anotações detalhadas do que pode ser um levantamento minucioso dos locais alvos de futuros roubos.

De acordo com o delegado, “eles tinham nomes do estabelecimentos, horários de menor movimento, horas sensíveis de transporte de dinheiro em cada dia da semana, de segunda a sexta-feira. Constavam como possíveis alvos, caminhão de Coca-Cola, Posto de Saúde, loja de material de construção, supermercados entre outros“, contou.

O grupo fazia o levantamento diário de 5 a 6 empresas de Caicó.

Ouça a entrevista:

*A Polícia Civil pede a colaboração da população para repassar informações de forma anônima pelo número (84) 3421-6029 (WhatSapp)


Acusados de extorsão e sequestro têm pedido de Habeas Corpus rejeitado pela Câmara Criminal

Os desembargadores integrantes da Câmara Criminal do TJRN negaram o pedido feito pela defesa de quatro homens, que respondem à ação penal e estão presos preventivamente, acusados de praticarem crime de extorsão mediante sequestro, previsto pelo artigo 159 do Código Penal, contra vítima, a qual tinha uma suposta dívida com entorpecentes. O HC se fundamentou na tese de negativa de autoria, sob a argumentação de que os esclarecimentos prestados pelo extorquido não poderiam servir com única fonte de prova, já que os esclarecimentos seriam “confusos e contraditórios”. O que não foi acatado pelo órgão julgador à unanimidade de votos.

Em que pesem as alegações defensivas que desmentem o relato da vítima, não vejo razões para desacreditar em suas palavras, já que a polícia flagrou o momento em que Hildaguino de Oliveira estava sendo levado em direção ao rancho de ‘Zé Antônio’, pelas pessoas de Sebastião, Weverton e José Lucas, isso após ter recebido a informação de que a vítima tinha sido vista passando em um carro com três homens, gritando por socorro e dizendo que iria morrer. Some-se a isso o anterior envolvimento de José Antônio com o tráfico e de Weverton com tráfico e organização criminosa, o que também dá amparo a versão do ofendido de que foi sequestrado, em razão de uma dívida de drogas”, reforça o julgamento, mantido na Câmara Criminal.

Continue lendo

Depois de 52 anos, 6º BPM consegue a posse do seu terreno

Coronel Costa ao lado dos representantes da PGE e de Gerado Júnior, do Cartório

O prédio do 6º Batalhão da Polícia Militar de Caicó, finalmente vai poder passar por melhorias. É que o terreno aonde a unidade militar foi construído, no ano de 1968, pertencia a uma associação que já não existe. Agora, o Estado conseguiu a sua posse.

Quando o terreno foi doado pela prefeitura, caso não fosse feita alguma benfeitoria, deveria ser devolvido, mas, foi construído o Batalhão, sem que o terreno fosse repassado ao Estado, que tinha a posse da estrutura.

O atual comandante do 6º BPM, o tenente-coronel, Walmary Costa, contou ao Blog Sidney Silva, que na tarde deste 21 de julho, resolveu definitivamente a situação. Aconteceu uma sessão solene para a entrega do registro da sede da referida Unidade Militar.

O Batalhão Dinarte Mariz criado ha 52 anos, não tinha sua sede “regularizada”, o que veio a ocorrer após tratativas legais por meio do Núcleo Regional da Procuradoria Geral do Estado, em Caicó; do 1º Cartório de Registro de Imóveis e o Comando da Polícia Militar“, relatou coronel Costa.


Polícia Civil divulga fotos dos presos suspeitos de roubos de malotes em Caicó

A Polícia Civil de Caicó está pedindo a colaboração das pessoas que foram vítimas dos presos (veja às fotos) na tarde desta terça-feira (20), na zona norte, para que procurem a Delegacia.

Ele estão sendo investigados pela prática de roubos, inclusive, de malotes das empresas de Caicó. Nas ações criminosas, os ladrões tomaram todo o movimento financeiro que era levado para ser depositado em agências bancárias ou correspondentes bancários.

Os presos foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As prisões ocorreram no Bairro Boa Passagem, sendo Cainan na Rua Café Filho e os demais na Rua São Paulo.


Polícia prende 4 suspeitos de roubar malotes e encontra papeis com nomes de empresas do comércio de Caicó

Material apreendido pela Polícia Civil

Policiais civis de Caicó, prenderam na tarde desta terça-feira (21), 4 homens suspeitos de praticarem roubos de malotes de empresas. Eles foram identificados como, Cainan Guedes Nóbrega, de 20 anos (mandado de prisão expedido pela 2ª Vara); Jefferson Dantas dos Santos, o “Tripa”, de 27 anos (mandado de prisão); Marcos Paulo de Andrade, de 29 anos e Jonathan Vinicius dos Santos Ferreira.

De acordo com o delegado titular da DP Municipal, André Albuquerque, na ação, os policiais encontraram drogas, embalagens para comercialização da droga, balança de precisão, dinheiro e anotações com uma relação dos nomes de empresas que podiam ser alvo do grupo.

As anotações ainda constavam detalhes como os horários sensíveis em todos os dias da semana. Ou seja, o grupo fez um levantamento da movimentação financeira dos estabelecimentos comerciais.

O delegado André Albuquerque ainda disse que Jefferson, Marcos e o Vinícius serão autuados por crime de tráfico e associação para o tráfico.

O Jefferson é suspeito de ter realizado o roubo do malote da Eletrocenter, no dia 15 de maio. Esse roubo foi em companhia de “Ailson Pitbull”, que foi preso em um flagrante em meados do mês de junho“, disse o delegado.


Casal cearense é preso pela PRF com mais de 5Kg de cocaína em Mossoró/RN

Droga foi adquirida na região Seridó do Rio Grande do Norte e apreendida pela PRF em Mossoró

A Polícia Rodoviária Federal, prendeu na tarde desta segunda-feira (20), no Km 09 da BR 304, município de Mossoró/RN, um casal pelo crime de tráfico de drogas e apreendeu 5.480g de cocaína.

Em fiscalização de rotina, policiais abordaram o condutor de um Idea, um homem de 31 anos que tinha como passageira uma mulher de 20 anos. Ao perceberem um certo nervosismo entre os ocupantes do veículo a equipe procedeu uma revista minuciosa, sendo encontrados cinco tabletes da droga.

Indagados sobre a origem do entorpecente, o casal que é natural de Fortaleza/CE, informou que adquiriu a droga na Região Seridó do Rio Grande do Norte e que receberia a quantia de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para levá-la à cidade de Fortaleza.

Diante do flagrante de tráfico interestadual de drogas, a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) em Mossoró/RN.


Lava Jato: PF deflagra “Operação Paralelo 23” para investigar crimes eleitorais em São Paulo

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (22) a Operação Paralelo 23*, terceira fase da operação Lava Jato junto à Justiça Eleitoral de São Paulo, desde o entendimento adotado pelo Supremo Tribunal Federal no Inquérito nº 4.435, em 14 de março de 2019, por meio do qual reafirmou a competência da Justiça Eleitoral para os crimes conexos aos crimes eleitorais.

São cumpridos quatro mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão em São Paulo/SP, Brasília/DF, Itatiba/SP e Itu/SP, além do bloqueio judicial de contas bancárias dos investigados, determinados pela 1ª Zona Eleitoral de São Paulo/SP.

Continue lendo

MPRN denuncia blogueiro de Caraúbas por calúnia e difamação a delegado

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou o blogueiro João Marcolino Neto por calúnia e difamação. Os crimes foram cometidos contra o delegado de Polícia Civil da cidade de Caraúbas. João Marcolino divulgou informações falsas sobre a atuação do delegado.

O crime de calúnia se dá quando é imputado a alguém um fato falso definido como infração penal. A difamação se configura quando a reputação de alguém é ofendida. Na denúncia, o MPRN demonstra que o blogueiro cometeu os dois crimes contra o delegado em uma live e também no blog dele.

João Marcolino Neto afirmou que o delegado teria descumprido uma ordem judicial e o difamou ao dizer que o policial procedia “de pura má-fé”, que “envergonha a Polícia Civil”; “que é uma pena o senhor está se portando de uma forma tão vergonhosa”; “eu espero que o senhor um dia compreenda todas as barbaridades que o senhor está fazendo”. Ocorre que o delegado só foi intimado da decisão judicial no dia seguinte às acusações.


Juiz condena “japonês da federal” à perda do cargo e multa de R$ 200 mil

Newton Ishii foi condenado em ação na Justiça Federal

O juiz Sérgio Luis Ruivo Marques, da 1ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu, condenou o agente Newton Hinedori Ishii, conhecido como o “japonês da federal“, à perda do cargo e pagamento de multa de R$ 200 mil por facilitação de contrabando.

Ishii foi condenado por envolvimento em uma quadrilha composta por 22 agentes da PF, quatro servidores da Receita Federal e dois policiais rodoviários federais. Eles atuariam em um esquema de facilitação de contrabando pela fronteira entre Brasil e Paraguai.

Há que se ressaltar que o réu Newton Hinedori Ishii é determinado, quando o assunto é cobrar propina para facilitar o contrabando/descaminho. No caso, Newton Japonês escolheu o tipo de mercadoria que aceitaria facilitar e, ainda, fixou o preço da propina a ser cobrada pela omissão na atribuição de combater o crime que lhe foi conferida pelo Estado”, disse o juiz.

O julgador citou ainda um telefonema interceptado com autorização judicial em que o agente informa a placa de um veículo para que um policial corrupto deixe de fiscalizar ou simule a fiscalização, beneficiando a quadrilha de contrabando.


Promotor não oferece denúncia no processo de operação ocorrida em Mossoró e 32 presos serão soltos

Polícia cumpriu mandados de busca e apreensão e de prisão durante a operação – (Foto: InterTV Costa Branca)

Em Mossoró, por causa da ação do Promotor de Justiça, Paulo Carvalho, que pediu declínio de competência para não se manifestar no processo contra os presos na Operação Resistência, deflagrada no dia 14 de maio deste ano, pela Polícia Civil, PM e Polícia Rodoviária Federal, e com isso, não oferecendo denúncia, as 32 pessoas indiciadas, estão sendo postas em liberdade.

A decisão que relaxou as prisões foi do juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros.

A operação fez parte da investigação da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró que durou 1 ano. O objetivo foi desmontar uma organização criminosa envolvida em homicídios, roubos e tráfico de drogas. No dia da operação, ao todo, os policiais cumpriram 55 mandados de prisão de busca e apreensão.

As informações que chegam de Mossoró dão conta que o promotor só opinou no processo, mais de 1 mês depois do dia da operação, dizendo que não era de sua atribuição, denunciar os presos. O prazo para o MP se manifestar, seria de 10 dias.

Não está afastada a possibilidade de que todos os atos judiciais tomados até então sejam consideradas nulos.

A conclusão de tudo é que os presos estão há mais de 60 dias detidos, com investigação concluída, mas, sem nenhuma denúncia por parte do Ministério Público do Rio Grande do Norte.

*Com informações do Blog de Carlos Santos


RN tem o 3º menor efetivo de delegados de Polícia do país

Delegada Tais Aires, presidente da Adepol no RN

Um levantamento feito junto às entidades que representam delegados de polícia em todo o país, expõe uma triste realidade da nossa segurança pública, e que certamente reflete nos alarmantes números da violência nas cidades potiguares: o Rio Grande do Norte tem o terceiro menor efetivo do Brasil, em números absolutos. Quando feita a proporção da quantidade de delegados por habitante, o RN fica em quarto lugar (ver tabela).

Isso ocorre porque o estado já está há mais de dez anos sem realizar concurso para a carreira, como também para agentes e escrivães. O último certame para a  Polícia Civil teve o edital lançado em 2008 e concluídas suas etapas em outubro de 2010.

Continue lendo

Condenado pela morte de jornalista em Serra do Mel/RN é um dos 27 foragidos de presídio no Pernambuco

Ranielly Brito é um dos foragidos de presídio em Limoeiro do Norte – (FOTO: Divulgação-Polícia Civil/RN

A Polícia tenta recapturar o potiguar, Ranielly Brito de Azevedo, de 37 anos, que fugiu no dia 09 de julho, passado, juntamente com outros 26 detentos, da Penitenciária Dr. Ênio Pessoa Guerra, na cidade de Limoeiro do Norte, no estado do Pernambuco.

Os detentos explodiram o muro do presídio e colocaram grampos nas ruas da região, para dificultar a reação da polícia. Até esta terça-feira (14), tinham sido recapturados, 9 presos.

O foragido, Ranielly Brito, foi condenado em 2013, a uma pena de 23 anos de reclusão pela morte do jornalista e líder político, Edinaldo Filgueira, na cidade de Serra do Mel/RN. Ele foi um dos autores materiais do crime.

A denúncia ofertada pelo Ministério Público à época diz que “ficou comprovado que coube aos denunciados Rafânio Brito de Azevedo, Ranielly Brito de Azevedo, Daniel dos Santo Azevedo e Cícera Soares da Costa orquestrar o assassinato de Edinaldo Filgueira”.

Segundo os autos do processo, a arma usada para matar Edinaldo pertencia a Ranielly.

Em 2015, a Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado – Deicor, prendeu Ranielly Brito e outros dois comparsas por assalto e estouro de caixas eletrônicos. A prisão ocorreu em Natal.


Corpo do empresário Jácio Galvão é encontrado no Gargalheiras

O corpo do empresário, Jácio Mamede Galvão, de 62 anos, foi encontrado na tarde desta terça-feira (14), por volta das 15hs50min nas águas do açude Gargalheiras.

Em contato com o Blog Sidney Silva, o sargento Glicério Santos, do Subgrupamento dos Bombeiros Militares de Caicó, que participou das buscas, disse que foi possível localizar o corpo quando ele emergiu.

“Ele emergiu próximo de onde nós estávamos fazendo as buscas. Nossa equipe fez a retirada do corpo de dentro da barragem e o deixou sob custódia da Polícia Militar, que acionou a Polícia Civil e o ITEP”, relatou.

Ao todo, foram empregados (dos Bombeiros) 4 militares de Caicó e 4 de Natal, além de 3 militares da Capitania dos Portos. Eles usaram 2 botes, material de mergulho e busca e 1 JetSki.

Equipe dos Bombeiros que participaram das buscas em Gargalheiras – (FOTO: Bombeiros Militar/Divulgação)

O empresário Jácio Mamede Galvão, desapareceu na tarde do último domingo (12), depois que saiu para dar uma passeio de lancha na Barragem.

Durante as buscas, foram encontrados vários objetos pessoas como, máscara que estava usando, um remo e um banco da embarcação, galões de combustível. A lancha não foi encontrada.


Empresário desaparece no açude Gargalheiras após passeio de lancha

Jácio Mamede Galvão está desaparecido no açude Gargalheiras em Acari – (FOTO: Rede Social)

Um homem está desaparecido desde a tarde deste domingo (12) após passear de lancha no Açude Gargalheiras, em Acari/RN. Identificado como Jácio Mamede Galvão, empresário do ramo alimentício, ele não foi visto desde que entrou no reservatório, na comunidade Bulhões.

O Corpo de Bombeiros de Caicó foi acionado para auxiliar nas buscas, na manhã desta segunda-feira (13), mas, Jácio ainda não foi encontrado.

Os primeiros relatos dão conta de que o homem pegou a lancha para passear no açude por volta das 16hs.

Segundo moradores da região, uma sacola com a máscara que Jácio usava e R$ 50 foi encontrada nas buscas.

A Polícia Militar também foi acionada.

*Com informações da Tribuna do Norte