PM prende dois dos ladrões que roubaram queijeira na zona rural de Jardim de Piranhas

Lenilson Amaro da Silva (de jaqueta azul) e Marcelino da Silva (de camisa preta) natural de Campo Grande/RN

Os policiais militares que atenderam a ocorrência de roubo no Sítio Ferreiro, na zona rural da cidade de Jardim de Piranhas, na tarde desta sexta-feira (22), encaminharam os dois presos para a Delegacia de Polícia Civil de Caicó.

Os dois presos foram como Lenilson Amaro da Silva, de 19 anos, que reside no Bairro Paulo VI em Caicó e Marcelino da Silva Filho, de 23 anos, natural da cidade de Campo Grande/RN.

Os policiais capturaram os dois homens depois de eles terem investido na companhia de outros comparsas contra a casa e queijeira de propriedade de “Hominho” na tarde de hoje.

Entre o material apreendido estava o dinheiro que foi roubado da queijeira

Assalto é registrado na zona rural de Jardim de Piranhas nesta sexta (22)

PM foi acionada para atender a ocorrência

Um assalto no sítio Ferreiro, na zona rural de Jardim de Piranhas/RN, registrado na tarde desta sexta-feira (22) teve a participação de aproximadamente 5 ladrões.

No local, funciona uma queijeira que já foi alvo de outros roubos no passado. O dono, é conhecido na região como “Hominho”.

Desta vez, segundo informações extraoficiais, as pessoas da casa teriam sido feitas de reféns enquanto o roubo era praticado.

Outros informes dão conta de que pelo menos dois dos ladrões foram presos pelas guarnições da PM que se deslocaram ao local para atender a ocorrência.

*Aguardem mais detalhes em breve…


Família de Adriel Mateus morto em Jardim de Piranhas nega dívida com o tráfico e que fosse membro de facção criminosa

Família de jovem assassinado em Jardim de Piranhas nega envolvimento do mesmo com traficantes

A família de Adriel Mateus Pedro de Brito, de 22 anos, assassinado a tiros na cidade de Jardim de Piranhas, no último dia 30 de abril, entrou em contato com o Blog Sidney Silva e negou que ele tivesse qualquer envolvimento com o mundo das drogas e que pertencesse a facção criminosa Sindicato do RN.

Disseram ainda que ele não era natural de Natal, como nós divulgamos, e sim, de Caicó. Atualmente ele morava em Jardim de Piranhas, por causa do envolvimento com uma mulher conhecida como Xuxa. Disseram ainda que ele morou em Natal por um tempo, mas,  não natural de lá.

Outra negativa da família de Adriel, é que ele fosse envolvido com drogas e que estivesse devendo aos traficantes. “Ele respondeu processo na Justiça, mas, não era traficante. Foi pego com uma porção de maconha, mas, foi só. Ele não tinha dívida com traficantes”, disse o familiar, que não quis se identificar.


Serra Negra do Norte e Jardim de Piranhas não tem delegados titulares de Polícia Civil

Crimes registrados em Jardim de Piranhas são investigados por delegado de Caicó

A falta de delegados para atuar em cidades do interior do Rio Grande do Norte, não mudou ao longo de muitos anos. Atualmente, as cidades de Jardim de Piranhas e Serra Negra do Norte, para não falar nas demais, estão sem delegados titulares a frente das DPs.

Os dois municípios fazem divisa com o estado da Paraíba.

Os crimes que são registrados por lá, quem investiga é o delegado titular da DP Municipal de Caicó, André Albuquerque.

Lamentavelmente, o Estado não tem quadros suficientes na Polícia Civil para fechar essas lacunas. Enquanto isso, os crimes vão se acumulando tanto, lá, como cá e delegados, agentes e escrivães, ficam sobrecarregados de serviços.


Polícia Civil investiga morte de natalense em Jardim de Piranhas

Polícia investiga o crime registrado na cidade de Jardim de Piranhas

A Polícia Civil está investigando o assassinato do natalense, Adriel Mateus Pedro de Brito, de 22 anos, ocorrido na Rua Francisco Julião, nº 56, Bairro Santa Cecília, em Jardim de Piranhas, por volta das 20hs, da noite de quinta-feira (30).

Uma fonte do Blog disse que Adriel, que era natural de Natal, morou em Caicó e ultimamente em Jardim de Piranhas, era investigado por tráfico de drogas e que já respondia processo na Justiça pelo mesmo crime. Foi devedor de droga e também era da facção criminosa Sindicato do RN.

As informações sobre sua morte dão conta que dois homens em uma moto foram na residência aonde estava a vítima e o assassinaram com disparos de arma de fogo.

A Polícia foi acionada, mas, ninguém foi preso. Os peritos do ITEP estiveram no local e removeram o corpo para ser necropsiado.


Polícia registra homicídio na noite desta sexta (27) em Jardim de Piranhas

Um homicídio foi registrado na cidade de Jardim de Piranhas, na noite desta sexta-feira (27), por volta das 19hs15min.

Dois homens em uma moto efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a pessoa identificada como Yago, filho da professora conhecida como Lulu.

O crime aconteceu no Centro da cidade, em uma rua que fica a cerca de 150 metros da Praça.

A Polícia Militar foi acionada e realiza diligências na tentativa de prender os dois homens.


Prefeitura de Jardim de Piranhas começa a corrigir problemas de infiltrações no Hospital

Teto do Hospital da cidade de Jardim de Piranhas começa a ser recuperado

A Prefeitura de Jardim de Piranhas, emitiu uma nota com informações sobre a recuperação do teto do Hospital Geral da cidade que esta semana durante chuva registrou infiltrações.

Nota de esclarecimento

A Prefeitura de Jardim de Piranhas vem, respeitosamente, explicar à sociedade jardinense o ocorrido na sexta-feira, 28 de fevereiro, quando parte do Hospital Geral Francisca Pereira Mariz foi tomado por infiltrações causadas pela chuva.

A Prefeitura lamenta o incidente e assegura que o problema já está sendo solucionado. Infelizmente, no dia do ocorrido, a estrutura antiga do prédio não suportou o grande volume de chuva, ocasionando essas infiltrações.

Imediatamente, a Prefeitura deu início à substituição de todo o teto danificado, interrompendo as infiltrações, mesmo com a continuidade das chuvas, devolvendo normalidade a este espaço público.


Domingo de chuva forte em Jardim de Piranhas; Açude transbordou; VEJA VÍDEOS

Várias casas nos bairros Santa Cecília e Parques das Luzes em Jardim de Piranhas, foram invadidas pela água da chuva que caiu na tarde deste domingo (01). O registro foi de 90 milímetros.

Um reservatório conhecido como “Açude da Fome”, localizado nas imediações do Bairro Parque das Luzes, transbordou jogando muita água nas ruas da localidade. As casas, também ficaram alagadas.

Como a chuva parou, o nível da água baixou, principalmente porque está escorrendo pelas galerias pluviais.

Sangria do Açude da Fome


Mulher é morta na zona rural de Jardim de Piranhas; Seu companheiro foi encontrado enforcado

A Polícia Civil está investigando duas mortes ocorridas na tarde desta terça-feira (04), no sítio Sobrado, zona rural de Jardim de Piranhas. A paraibana Porcina de Lima, de 56 anos, residente na Rua Margarida Cardoso, Bairro Santo Amaro, foi assassinada a tiros. O seu companheiro, Cícero Ferreira de Paiva, de 69 anos, foi encontrado nas proximidades, enforcado.

Porcina foi assassinada a tiros e Cícero foi encontrado enforcado

Os relatos iniciais repassados a Polícia dão conta que Cícero pediu para Porcina lavar suas roupas no Rio. Ela atendeu, mas, momentos depois foi surpreendida por ele que estava armado. Ali mesmo, Porcina foi morta a tiros. Depois seu companheiro foi a outro local e deu fim a sua vida enforcando-se.

A Polícia Militar esteve no local do crie, fez o isolamento até a chegada da Polícia Civil e dos peritos do ITEP. Os corpos foram removidos para a unidade do órgão em Caicó para passarem por necropsia.


Operação do MPRN investiga tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Jardim de Piranhas

Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos com o apoio da Polícia Militar. Ação combate uma organização criminosa que atua dentro e fora dos presídios

O GAECO, com o apoio da Polícia Militar, deflagrou uma operação nesta quinta-feira (28) para investigar os crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Jardim de Piranhas. A ação combate uma organização criminosa que atua dentro e fora de unidades prisionais potiguares.

Ao todo, foram cumpridos 5 mandados de busca e apreensão em endereços localizados em Natal e no município de Jardim de Piranhas. As provas coletadas serão objeto de análise. O processo segue em segredo de Justiça.

Denúncias

O MPRN reforça à população potiguar que recebe denúncias anônimas de crimes. As comunicações podem ser feitas pelo Disque Denúncia 127, que é um canal direto do MPRN para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br

Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.


Polícia Civil de Jardim de Piranhas cumpre mandados e apreende armas de fogo

Armas apreendidas pela Polícia em Jardim de Piranhas

A Polícia Civil de Jardim de Piranhas, com apoio da 5º CIPM, deu cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar e apreendeu duas armas de fogo tipo revólver, calibre 38, municiadas.

Como resultado da operação, foi preso em flagrante delito Sr. Francisco Araújo Silva, conhecido como “Ivandir”. Foi arbitrada fiança, a qual foi paga pelo flagranteado, o qual responderá o processo em liberdade.

A Polícia Civil agradece o apoio da população, e solicita que denúncias anônimas sejam realizadas pelo 181 ou 84 9 8602 0324.


Homicídio é registrado na noite desta quarta (20) em Jardim de Piranhas

Crime foi registrado no centro da cidade

Foi assassinado na noite desta quarta-feira (20), na cidade de Jardim de Piranhas, o homem até agora identificado como, Wandemberg, ou “Novo de Nerice”.

Informações apuradas pelo Blog Sidney Silva dão conta que o crime foi registrado no centro da cidade. Ele foi morto à tiros.

A Polícia Militar está diligências na tentativa de localizar e prender os responsáveis pelo crime.

Novo foi assassinado a tiros

Jardim de Piranhas: Por segurança de torcedores, MPRN obtém na Justiça suspensão de partida de futebol amador

Clube Atlético Piranhas e Real Sociedade Independente iriam se enfrentar pelo Seridosão neste sábado (19). PM alega não ter tido tempo hábil para garantir a segurança

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve na Justiça potiguar uma decisão pela suspensão de uma partida do Seridosão, campeonato de futebol amador realizado na região Seridó do Estado. Clube Atlético Piranhas e Real Sociedade Independente, ambos da cidade de Jardim de Piranhas, iriam se enfrentar em jogo válido pela fase semifinal da competição neste sábado (19). A Polícia Militar alegou não ter tido tempo hábil para montar um esquema que garantisse a total segurança dos torcedores das duas equipes.

O MPRN recebeu um ofício da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar na quinta-feira (17) noticiando a impossibilidade da PM em Jardim de Piranhas cobrir a segurança da partida. O documento reforça que “as duas equipes da cidade de Jardim de Piranhas sabidamente alimentam forte rivalidade nos campos e nas
arquibancadas”.

No ofício, a PM narra que apenas nesta semana foi informada sobre a partida, o que “comprometeu as possibilidades operacionais de se assegurar a presença da força pública no local, notadamente diante do limitado efetivo policial disponível na 5ª CIPM”.

Ao pedir o adiamento da partida, o MPRN levou em consideração o direito à segurança dos torcedores/consumidores que participarão do evento esportivo.

Além disso, o MPRN destaca que que cabe à Associação Seridoense de Desportos (ASD), a entidade responsável pela organização do Seridosão, e ao Clube Atlético Piranhas, detentor do mando de jogo desta partida, a tarefa de garantir a segurança dos torcedores do evento, “notadamente com a elaboração do plano de ação de segurança e contingências para a competição”.

A PM informou ao MPRN que a expectativa de público para esse jogo é de 2mil pessoas, o que reforça a necessidade de se adotar medidas preventivas de segurança. Ao pedir a suspensão, o MPRN também levou em consideração o Estatuto do Torcedor, que estabelece que o torcedor “tem direito à implementação de planos de ação referentes a segurança, transporte e contingências que possam ocorrer durante a realização de eventos esportivos”.

A Justiça potiguar estipulou multa de R$ 20 mil caso a decisão pelo adiamento da partida não seja cumprido.


Recomendação do MPRN busca regulamentar horário de encerramento da festa da padroeira em Jardim de Piranhas

Comunidade de Jardim de Piranhas vivencia a festa de sua padroeira

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) expediu recomendação para regulamentar o horário de término dos eventos sociais da Festa de Nossa Senhora dos Aflitos, promovidos pela Prefeitura de Jardim de Piranhas/RN, entre os dias 12 e 22 de setembro. O objetivo é garantir o regular policiamento do local, já que de acordo com o ofício encaminhado pelo comandante da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar, o efetivo à disposição é insuficiente para cobrir adequadamente a segurança da festa pública.

Diante dessa necessidade, a recomendação ministerial orienta que a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo estabeleça o horário de 4h da manhã como limite para o término dos eventos sociais públicos, de forma a concentrá-los no período compreendido entre 22h e 4h.

Ainda segundo a Polícia Militar, como resultado do aumento do fluxo de pessoas que aportam na cidade durante o período em questão, é indispensável a convocação de outros agentes para reforçar o policiamento ostensivo. No entanto, os policiais militares convocados nestas condições estão limitados à jornada de serviço de seis horas, conforme previsto na legislação estadual.

Outra medida que reforça a necessidade do aumento do efetivo é o aumento notório de práticas delitivas no Município durante o período da Festa da Padroeira, em especial, crimes contra o patrimônio, em razão da maior aglomeração de pessoas.

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo fica notificada para informar, no prazo máximo de 48h, as medidas adotadas para cumprimento da recomendação do MPRN.

*Confira aqui a recomendação.