VÍDEO/ENTREVISTA: Vereador Ivanildo dos Santos diz que já tem 9 votos para presidência da Câmara

“De fora, é fácil falar”, disse o vereador Ivanildo dos Santos, sobre críticas ao Legislativo caicoense

O vereador Ivanildo dos Santos (PSDB), eleito o mais votado entre os candidatos que disputaram as 15 cadeiras do legislativo caicoense, no pleito do último dia 15 de novembro, concedeu entrevista ao programa Cidade Alerta, da Rádio Rural FM 102,7, e agradeceu os votos que teve. Ele ainda fez uma avaliação da atual legislatura.

Perguntado sobre as críticas à Câmara, inclusive, por parte de alguns dos novos Edis, ele disse que é preciso conhecer para poder falar sobre. Comentou que para quem está de fora, é fácil falar.

O vereador ainda confirmou a sua candidatura à presidência da Câmara e que já tem 9 votos, com o seu, na disputa.

*ASSISTA A ENTREVISTA:


Polícia Civil descobre que ex-candidato a prefeito no RN forjou o próprio sequestro

Vereador forjou o sequestro e vai responder por comunicação falsa

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte aponta que o então pré-candidato a prefeito do município de Antônio Martins, João Venâncio Ferreira (PT), forjou o próprio sequestro. O caso ganhou repercussão em setembro passado, após o político sumir por três dias. A investigação do caso descobriu evidências que depõem contra o suposto sequestro.

A principal prova da investigação é um vídeo, gravado por câmeras de segurança, do dia 25 de setembro, que mostra João Venâncio Ferreira, de 73 anos, descendo de um carro na cidade de Pereiro, no Ceará, o político foi localizado — três dias após o suposto sequestro ser informado. O veículo que levou o petista até a cidade pertence a um sobrinho do político.

Continue lendo

Deicor prende vereador e mais 5 com armas e dinheiro em João Dias/RN

Das pessoas abordadas na residência do vereador, algumas foram presas

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) deflagraram uma operação, neste sábado (17), com o cumprimento de mandados de busca e apreensão, que resultaram na prisão de sete pessoas e na desarticulação de uma organização criminosa, na cidade de João Dias/RN. Entre os presos, está o vereador Laete Jácome de Oliveira (PP), de 64 anos.

O objetivo da operação era prender 4 filhos do vereador, que são foragidos da Justiça. Ele não foram localizados, mas, os policiais conseguiram apreender a quantia de R$ 15.535, 00 (quinze mil quinhentos e trinta e cinco reais).

De acordo com informações, o dinheiro foi arremessado por cima do muro, pois o vereador imaginou se tratar de ação policial de cunho eleitoral. Os policiais recuperaram o dinheiro.

No local, foram detidos cinco homens que estavam armados, são eles: DAMIÃO LUIZ DA SILVA, vulgo “Damião”, natural de Upanema, de 43 anos, foragido da Justiça, com 01 mandado em aberto; DAVI DOS SANTOS CHAVES, vulgo “Davi”, natural de Fortaleza/CE, de 25 anos; RIAN COSTA BRUNO, vulgo “Rian”, natural de Fortaleza/CE, de 32 anos; ISRAEL NASCIMENTO DA SILVA, vulgo “Israel”, natural de Fortaleza/CE, de 24 anos e FRANCISCO DE ASSIS DA SILVA, vulgo “Chico”, natural de João Dias, de 47 anos.

No momento em que as equipes da DEICOR chegaram à residência do vereador, Laéte Jácome se negou a abrir o portão da casa, mesmo tendo sido verbalizado e informado que se tratava de um mandado de busca, sendo necessário o uso da força. No imóvel foram apreendidas: duas espingardas de calibre 12, com 100 munições do mesmo calibre, dois rifles de calibre 38, com 103 munições do mesmo calibre, e três pistolas de calibre 380, com 80 munições.

Eles foram autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e receptação, e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181, Disque DEICOR (84) 3232-2862 ou pelo WhatsApp da DEICOR (84) 98135-6796.


Caicó: Pesquisa Consult/106FM para vereador

A pesquisa mediu ainda o interesse dos caicoenses em votar para o cargo de vereador.

As entrevistas ocorreram no dia 10 de setembro. O Instituto Consult, contratado pela Fundação Seridó Central, mantenedora da Rádio 106FM, ouviu 500 pessoas, sendo, 92% na zona urbana e 8% na zona rural, representados por 19 bairros, localidades/conglomerados de Caicó.

A margem de erro da pesquisa que foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do RN, com o protocolo: RN-03259/2020, foi de 4.3% para mais ou para menos. O confiabilidade, de 95%.


Cleide, Lúcio e Toinho são nomes do Solidariedade para a Câmara de Caicó

Nominata dos candidatos a vereador do Solidariedade

Nas últimas semanas que antecedem às convenções, o Solidariedade tem reforçado seu time de pré-candidatos a vereadores. Entre os nomes está o da servidora pública municipal Cleide Silva, que tem formação técnica em cooperativismo e desenvolve serviços na secretaria municipal de Agricultura.

Lúcio Bezerra é outro servidor confirmado como pré-candidato do Solidariedade. Agente de endemias, Lúcio faz especialização em Vigilância em Saúde (UFPE) e sua pauta será voltada principalmente para políticas municipais de saúde. Um terceiro pré-candidato confirmado é Antônio Soares, mais conhecido por Toinho. Entregador de gás, Toinho conhece como poucos a realidade dura da falta de infraestrutura de Caicó.

O partido também já definiu que contará com chapa para a disputa majoritária, sendo pré-candidato a prefeito o empresário Diego Vale, mestre em Gestão Pública e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó.

Assessoria dos pré-candidatos


Polícia Civil prende dupla suspeita por envolvimento em atentado à casa de vereador em João Dias

Policiais civis da Delegacia Especializada de Capturas (DECAP) e da Delegacia Municipal de Apodi, com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO) de Apodi, prenderam no sábado (08), uma mulher e um homem, investigados pela suspeita de envolvimento no atentado à residência de vereador do município de João Dias (RN).

O crime ocorreu na madrugada do dia 03 deste mês de agosto, quando homens, em dois carros, fuzilaram o imóvel e utilizaram explosivos, destruindo-o parcialmente.

Continue lendo

Vereador denuncia que Prefeitura de Caicó não está pagando consignados dos servidores ao Bradesco

Vereador denuncia que prefeitura não repassa pagamento dos empréstimos dos servidores para o banco

O vereador Erinaldo Lino (PSC), concedeu entrevista no programa Cidade Alerta, da Rádio Rural FM de Caicó, nesta sexta-feira (05), e disse que recebeu denúncias de servidores da Prefeitura Municipal, dando conta que em seus contra-cheques, consta o desconto do empréstimos consignados feitos junto ao Bradesco, mas, eles afirmam que a agência bancária diz que a Gestão não faz o repasse das parcelas, há cerca de 3 meses.

Ou seja, o banco, não recebe da Prefeitura e o servidor tem o desconto efetuado no contra-cheque.

O vereador diz que os servidores que fizeram a denúncia afirmam que procuraram o banco para tentar uma renegociação da dívida por causa das dificuldades enfrentadas devido a pandemia do Coronavirus, e foi aí que souberam da falta de repasses pela Prefeitura. Sendo assim, não poderiam realizar qualquer tratativa, há não ser que as parcelas em atraso sejam pagas.


Ministério Público afirma que redução de carga horária prevista em lei de iniciativa do vereador Zé Filho é inconstitucional

Leis foram propostas pelo vereador Zé Filho

O Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte emitiu parecer na ação direta de inconstitucionalidade que questiona a validade das Leis Municipais (em Caicó) de 2017 e 2018. Tais leis foram propostas pelo vereador Zé Filho e previram a redução de jornada de trabalho dos servidores públicos municipais, a primeira em 30% (trinta por cento), e a segunda em 50% (cinquenta por cento).

Segundo o Ministério Público, houve indevida intervenção do Poder Legislativo em competência exclusiva do Poder Executivo Municipal.

Nesta senda, a definição da jornada de trabalho dos servidores municipais é uma temática relacionada à organização da Administração Pública, o que tem como corolário a prerrogativa do Prefeito para dar início ao processo legislativo, para o fim de realizar qualquer alteração na carga horária de tais agentes públicos. Observa-se, assim, que as Leis Municipais nº 5.027/2017 e 5.083/2018 representam uma interferência do Poder Legislativo sobre funções típicas do Poder Executivo, atentando contra a independência deste”, disse o Procurador-Geral de Justiça.

A referida ação havia sido proposta no ano de 2019 através do escritório Síldilon Maia – Sociedade Individual de Advocacia, o qual prestava consultoria jurídica para o Município naquele ano.

A expectativa é que o Tribunal de Justiça insira o processo em pauta de julgamento nos próximos dias.


DEICOR descobre galpão subterrâneo e prende vereador suspeito de distribuir cigarros contrabandeados do RN

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, deflagrou ação nesta quinta-feira (14), após denúncia anônima e prenderam MARCIO PEREIRA DE AQUINO, vulgo “Pato Choco”, natural de Martins/RN, de 38 anos de idade, acusado de ser um dos maiores contrabandista de cigarros importados do Estado do Rio Grande do Norte.

A DEICOR estava investigando uma ação criminosa perpetrada contra agências bancárias no interior do Estado, quando receberam denúncia informando que, parte do bando poderia está escondido na fazenda de “Pato Choco”, localizada na zona rural de Serrinha dos Pintos/RN, distante 380 km de Natal.

Continue lendo

Seridó: PSDB consegue mais um vereador e tem hoje a maior bancada na Câmara de Jucurutu

O vereador Willame Lopes, o Nego decidiu pelo PSDB de Jucurutu, que foi o partido que mais cresceu na cidade. Com a decisão de Nego, o partido que tem como pré-candidato o jovem bacharel em direito, Iogo Queiroz passa a contar com a maior bancada na Câmara Municipal de Jucurutu. Além de Nego, assinaram a ficha do partido os vereadores: Alan Amaral, Ioneide Queiroz, Gilson Brito, Subira Saldanha, Edivan Fernandes, que romperam com o sistema político do deputado Nelter Queiroz (MDB), por discordarem da candidatura do radialista Robson Oliveira, do MDB.

Vereador Willame Lopes, o Nego decidiu pelo PSDB e vai apoiar o nome do jovem Iogo Queiroz

“Em Jucurutu, terminamos o prazo de filiações partidárias com um partido forte e bons nomes para concorrer a Câmara Municipal. Iogo Queiroz tem tido o apoio popular, conta com a experiência do seu pai, o ex-prefeito Júnior Queiroz, que saiu muito bem avaliado nas últimas gestões como prefeito da nossa cidade. Iogo está cheio de ideias e tem ouvido à população da cidade e também dos distritos e comunidades rurais. O PSDB hoje tem trabalho, experiência, serviços para apresentar e propostas para desenvolver nossa Jucurutu”, afirmou o advogado Julinho Queiroz, que preside o PSDB na cidade.

Já o vereador Nego, que em 2016 foi o único eleito pelo PSDB, pertencia ao sistema do deputado Nelter Queiroz, mas no fim do prazo decidiu romper. “Decidi ficar com Iogo Queiroz por entender que, entre os que estão disponíveis, é o melhor nome para Jucurutu”, afirmou.

Por decisão do Diretório Estadual, presidido pelo deputado Ezequiel Ferreira de Souza estão suspensos todos os grandes atos de filiação ao PSDB e encontros partidários com aglomeração em locais fechados. A medida atende às recomendações das autoridades de saúde para contenção da epidemia de coronavírus no país. A orientação devido o Coronavírus é que as filiações sejam realizadas nos municípios, sem aglomerações.


MP/RN pede perda de mandato de vereador caicoense por uso de atestado falso em comissão

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o vereador do Município de Caicó, Alisson Jackson dos Santos. Segundo o MP/RN Alisson apresentou atestado médico falso perante a Comissão Especial Processante que tinha como alvo o Prefeito Robson Araújo. O edil perdeu os prazos na comissão contra o Prefeito e apresentou atestado tentando justificar ausência em reunião da referida comissão.

Na ação apresentada a justiça pela terceira promotoria de Caicó o MP pede a condenação do vereador com perda da função pública pagamento de multa e proibição de contratar com o poder púbico, além de outras sanções previstas em lei.

O Processo pode ser consultado pelo número: 0803479-95.2019.8.20.5101

*Fonte: Portal Grande Ponto


Vereador é morto após tentar impedir assalto em São José de Piranhas, PB, diz polícia

Armas usadas na ação que terminou com a morte do vereador

G1/PB – O vereador Ronaldo Cunha (PDdoB), de São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba, foi morto com um tiro na região do tórax na noite desta sexta-feira (13). Segundo informações da Polícia Militar, ele estava em uma praça quando dois homens em uma moto tentaram roubar uma motocicleta de outra pessoa. Ele tentou impedir o assalto e um dos assaltantes o atingiu.

Ainda de acordo com informações da PM, a vítima era um policial reformado e estava no primeiro mandato.

Dois adolescentes suspeitos e uma motocicleta, usada por eles, foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras.


Ação do MPRN prende vereador suspeito de envolvimento com milícia em Ceará-Mirim

Uma ação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) prendeu nesta terça-feira (25) Luciano Morais da Silva, vereador do município de Ceará-Mirim. Ele, que também é advogado, é suspeito de envolvimento com uma milícia que atuava na região e de ser o autor intelectual de pelo menos um assassinato registrado na cidade. Segundo as investigações do MPRN e da Força Nacional, Luciano Morais encomendou o homicídio de Micarla Araújo do Nascimento, crime ocorrido em 20 de outubro de 2016, por R$ 4.500.

O crime teria sido motivado pelo fato de Micarla fazer críticas à atuação de Luciano enquanto detentor de cargo público e por, através de uma ordem dele, ter sido presa e torturada. Luciano Morais já havia sido condenado a 4 anos e 8 meses de prisão por essa tortura, crime cometido na época em que era secretário de Defesa Social de Ceará-Mirim. Micarla do Nascimento foi assassinada por volta das 18h30, em Ceará-Mirim, após ser atingida por disparos de arma de fogo, todos na da cabeça e pescoço. No dia do crime, ela foi até a Câmara Municipal no período da tarde, momento em que ocorria sessão legislativa com a presença de Luciano Morais e fez alguns comentários em relação ao vereador.

Ele chegou a ser aconselhada por uma servidora da Casa a deixar o ambiente para evitar uma discussão, aceitando o conselho. Após deixar o prédio, Micarla do Nascimento foi a pé para casa, sendo abordada e executada a tiros por homens que ocupavam um carro.

As investigações do MPRN apontam que Luciano Morais entrou em contato com vários membros relevantes do grupo de extermínio e contratou, segundo relato de colaboradores, a morte de Micarla Araújo. Ela foi assassinada por Damião da Costa Claudino, atualmente detido no presídio federal de Catanduvas/PR; Diego Cruz Silva, presido do sistema carcerário potiguar; Adilson Lima da Cruz, também detido no presídio federal de Catanduvas; e ainda Jackson Botelho e Raimundo Bezerra de Souza, ambos já falecidos.

O MPRN destaca a conduta delitiva do grupo, que não ofertou qualquer espécie de chance de a vítima se defender, matando-a com um número desproporcional de disparos, de forma cruel e desnecessária.

Em relação ao vereador Luciano Morais, o MPRN reforça ser uma pessoa que pode se utilizar se cargo ou conhecimento, como advogado, para coagir testemunhas e demais fontes de provas, sendo a prisão dele uma medida imperiosa para o resguardo da regular instrução criminal.

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, Fausto França ressaltou a importância da prisão preventiva de Luciano Morais. “Essa prisão preventiva é importante pela gravidade em concreto do crime e o temor que a situação impõe às testemunhas do processo, o que impossibilita a realização de uma instrução tranquila, caso o réu estivesse em liberdade. A investigação aponta a alta periculosidade dele, fazendo-se necessária a prisão”.


Santana do Matos: MPRN recomenda que vereador condenado por estelionato seja afastado

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou ao presidente da Câmara de Municipal de Santana do Matos, Josenilson Antônio da Cunha, que promova extinção do mandato eletivo do vereador Magnos José da Costa. Na recomendação, o MPRN pede que seja cessado imediatamente o exercício do mandato.

O vereador Magnos José da Costa foi empossado recentemente em razão do afastamento por decisão judicial de um outro vereador. Magnos José da Costa é condenado criminalmente, com sentença transitada em julgado, por estelionato. Por esse motivo, ele teve os direitos políticos suspensos.

Essa suspensão está prevista no artigo 15 da Constituição Federal, que prevê que “é vedada a cassação de direitos políticos, cuja perda ou suspensão só se dará nos casos de condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem seus efeitos”.

O MPRN deu prazo de 10 dias para o presidente da Câmara de Vereadores responder que medidas irá adotar, acompanhada da respectiva comprovação.

Ainda na recomendação, o MPRN adverte que o descumprimento ensejará a adoção das medidas cabíveis, inclusive pela via judicial.